Mercúrio – Sua sombra em momentos de pré-retrogradação


         A partir do dia 27 de março, Mercúrio atingirá a área denominada sombra de sua próxima retrogradação, que será de 9 de abril a 3 de maio. 
      
       Para situar melhor este raciocínio, Mercúrio retrocederá dos 4 graus de Touro até os 24 graus de Áries neste período. Mas desde o dia 27 de março ele inicia a trajetória por estes graus, ou seja, ele faz o percurso em movimento direto, começando a transitar aos 24 graus de Áries e atingirá os 4 graus de Touro, quando fica retrógrado no dia 9 de abril. Um planeta ao iniciar a trajetória por onde ele retrogradará fortalece tendências para que tudo o que acontecer neste período seja revisto posteriormente ou intensifica as questões para apenas ajustes no período retrógrado. Por ser uma trajetória que acontecerá dos graus iniciais de Touro e os últimos graus de Áries, os temas relacionados a Áries - como a nossa individualidade, decisões importantes relacionadas a planos, retomadas de assuntos e mesmo o início de alguma situação que há tempos desejávamos - serão mais frequentes a uma atenção especial, especialmente na última semana de março quando ocorre a trajetória de Mercúrio pela sombra dos últimos graus de Áries. Por Mercúrio ser associado as comunicações, tudo o que for combinado ou assinado neste período da sombra tem maiores chances para ser retomado no período retrógrado, seja por ajustes ou novas definições. Também é um período em que notícias, boatos e debates voltam à tona ou criam um alongamento até o período retrógrado.   Da mesma forma, os assuntos poderão ser ainda aprimorados ou acrescidos por novos fatores. Um diferencial que reforça este período de Mercúrio nos graus de sombra em Áries é que ele ocorrerá também em um momento de conjunção entre Vênus retrógrado e o Sol, que também será em Áries, mas em graus iniciais - sem relação com os graus de sombra -, o que acentua ainda mais decisões que envolvam relacionamentos, parcerias e mesmo uma reavaliação na nossa postura diante de convivências mais frequentes, especialmente com melhor observação e valor de nossa individualidade. Ficamos mais suscetíveis a expor pensamentos ou tratarmos assuntos de maneira mais direta. Aquilo que for tratado ou iniciado em torno deste período é propenso a algum reparo ou mesmo uma rediscussão na época de retrogradação.
           
          Já na primeira dezena de abril, Mercúrio percorrerá os primeiros graus de sombra em Touro, o que envolve valores, consumo e temas materiais, bem como aqueles partilhados junto a outras pessoas e ambientes associados a estes temas. Uma observação do que tem real importância diante destes assuntos será mais intensa. Ponderar sobre alguns modismos ou manias consumistas será fundamental para a direção de nossos interesses para o semestre e até para o restante do ano.
        
           Em síntese, questões que ao serem tratadas ou iniciadas neste período terão mais chances para melhor andamento ou uma condução menos desgastante nos dias da retrogradação, a partir do dia 9 de abril, ainda que suscetíveis a ajustes. O que for preparado de maneira estratégica e cuidadosa nos dias de sombra terá melhor situação para condução no momento retrógrado, tanto os temas citados em relação a Áries como aqueles associados a Touro. Ações a serem deixadas para o período retrógrado são mais propensas a atrasos e também a serem revistas ou refeitas posteriormente.
          No dia 4 de maio, Mercúrio retoma o movimento direto e até o dia 21 repassa pelos graus de sobra, em momento adequado a conclusões e melhor segmento dos assuntos vividos desde o primeiro período de sombra e também nos dias retrógrados.
                   


   
Guilherme Salviano